AGENDE UMA AVALIAÇÃO (47) 3222-0234 | 3222-0104 WHATSAPP (47) 99985-1098 contato@hansgastroclinica.com.br

Gordura Abdominal e Alimentação: você sabe a relação?

O que a maior parte das pessoas visam ao buscar emagrecimento, sem dúvida, é redução de gordura abdominal. E sempre é importante destacar que não é possível emagrecer apenas uma região específica do corpo. A perda sempre será como um todo!


Apesar disso, existem alimentos e detalhes que influenciam negativamente nesse acúmulo de gordura abdominal e alimentos que influenciarão positivamente para redução e perda dessa gordurinha que tanto incomoda.

PAUTA 118 - HANS - 11-05 Blog
  • Exclua da dieta os alimentos:
    - Açúcares e farináceos;
    - Gorduras trans (presente nas margarinas, óleos vegetais e produtos industrializados);
    - Embutidos (presunto, salsicha, salames, calabresa, etc.);


  • Inclua na dieta os alimentos:

- Pimenta – rica em capsaícina, composto que aumenta o gasto energético e a oxidação de gorduras, provavelmente pelo aumento na atividade do SNS ou secreção de catecolaminas, além de estimular o tecido adiposo branco a agir aumentando a capacidade de oxidação (entenda por queima de gordura);
- Óleo de abacate – além de suas propriedades antioxidantes o beta sistosterol presente nele, modula o cortisol (hormônio do estresse) reduzindo o acúmulo de gordura abdominal;
-Azeite de oliva extra virgem – rico em polifenóis, aumenta os genes envolvidos na biogênese mitocondrial e termogênese e aumenta sensibilidade a insulina;
- Chá verde – rico em catequinas, diminui absorção de glicose e lipídeos, diminui lipogênese ( formação de gordura), aumenta gasto energético e possui atividade anti-inflamatória.


Apenas com essas mudanças positivas, já é possível perceber mudanças significantes na balança e no visual.

Compartilhe: